sábado, 23 de julho de 2011

The great gig in the sky + Der Hölle Rache kocht in meinem Herzen

Eu ia deixar pra mais tarde, mas eu acho que é melhor vc leitor dar play agora e seguir lendo, muitíssimo bem acompanhado      

Ontem rolou uns caras tocando Pink Floyd num bar. Engraçado e curioso que uma das músicas que eles tocaram, "the great gig in the sky",  me lembra a ária da rainha da noite, da flauta mágica, de Mozart .



Não em forma ou estrutura!!!! Não é disso que falo!!! Creio que no que diz respeito ao sentimento de angústia, desespero e, de certa forma, alívio que a música passa.Fiquei sabendo depois (viva Wikipedia o/  ) que a música/peça trata de morte. Alguém que morre no desespero, pra quem a morte é uma angústia e um alívio ao mesmo tempo? Seria isso?

 Eu ouço a música e não posso deixar de ter uma imagem na cabeça: uma mulher desesperada (talvez como a do post do violino e violão), mas poderosa, que canta/grita/ sofre de angústia no alto de uma torre em um castelo. Gritar é parte deste desespero, mas tbm um alento, um alívio. A imagem da bruxa (uma das ) do Mágico de Oz tbm me vem à mente: morrendo, no alto da tal torre.

Dá pra imaginar seu chapéu é como uma chaminé enraivecida, cuspindo cinzas, pó, poeira e asfixia . Todos na cidade vêem o céu enegrecendo por conta dessa fúria e temem diante do poder que emana de uma mulher como esta, mas tbm acham belo (que mistura de sentimentos estranha... acho que o mais próximo do que posso imaginar que isso seja são essas músicas).



Aí vejo imagino os dedos da mão bem magros, engruvinhados, dobrados, rígidos como se fossem garras...  garras de corvo, oqual não tem mais nada a que se garrar senão à morte.


Enfim: as músicas são lindas. Espero quevcs curtam (e compartilhem suas impressões, claro!)
Postar um comentário