sábado, 5 de novembro de 2011

Um post-radiofônico

[Este post é um post linear]
[Se vc não tiver tempo para lê-lo agora então leia depois]
[Ou então você pode fazer o seguinte: você escolhe um trecho ao acaso e começa dele]
[Como se vocẽ tivesse ligado o rádio enquanto o programa já estivesse no ar] 
[Não há vírgulas muitas vírgulas por uma questão de velocidade e dinâmica;] 



[como um locutor que não dá tempo às pausas e já emenda uma frasidéia uma na outra...]
[...como um bando de elefantes seguindo em fila...]
[... um ligado ao outro]









Bomdia bomdia!!!

Você rapazesforçado queacordou cedo e já está no trem prair trabalhar ....vocêmenina bonita que sai de Ipanema prair trabalhar em Realengo... você meu senhormíííínhasssssenhora vocêdôôna de casa!!! Está no ar mais um programa ....


[este programa é um programa sem nome]
[nome incógnita]

É... uma manhã linda na cidade X... pessoas passeando com seuscachorros, opãozinho quente saindodo forno na padaria dedona Manuca mas o rádio-post-blog ouvinte/leitor está ávido por notícias!!!


[pausa de semicolcheia]
Como...?

[pausa de colcheia]

[O locutor parece falar com alguém]


O Eusébio diz aqui que gostaria de enviar um desenho pro filho deleláem Verdejante interior de Pernambuco sob os dizeres: "- estuda moleque!!!"

[Eusébio é o assistente do programa]
[Ele nunca pronuncia uma palavra ao vivo]
[E os ouvintes - mais particularmente "as" aouvintes -  vivem se perguntando como ele deve ser]
[Ele até tem um fã-clube, sediado em Macau - China]




Ahh nada com'um bom desenho pelamanhã...não? Poisagora vamos paras notícias: um homem invadiu 23 casas esta manhã no bairro de Jandirópolis ...roubou todosos gatose saiu distribuindo osanimais pelo topo de árvores de grandesavenidas da cidade. O trânsito, côôônsequentemente,

[este é um "consequentemente" todo rebuscado,]
[que este locutor considera uma de suas marcas mais evidentes]
[oque o caracteriza e o diferencia]
[mas continuando...]


 está parado nas regiôes mais movimentadas da cidade. Os bombeirosestão removendos pobresanimais dasárvoreseos devolvendo à seus devidos lugares.

Agora mais uma canção: desta vez um pedido do sr F paraa senhorita bailarina




Eugênia Sanches manda uma figura do Miró para o senhor Felpudo Eu-Eu Brava:

"- Será queeu devo fazer uma lipo?"


E mais notícias, esta diretamente do Piauí Heralds:  A presidenta Dilma Rousseff abandonou a ideia de ressuscitar a CPMF para financiar os gastos com a saúde. "Num ataque de bom senso bastante incomum, achei que não pegava bem exigir esse sacrifício da população em meio a tantas denúncias por aqui. Pedi para a Ideli fazer umas contas e achamos melhor taxar em 5% as verbas desviadas. Decidimos, portanto, criar o ICP: Imposto sobre Circulação de Propinas", tergiversou a presidenta. Uma estimativa feita pela ONG Sou Laranja estimou que os recursos oriundos do ICP serão capazes de financiar a construção de 127 hospitais, 9.343 postos de saúde, 343 creches. Com o que sobrar, ainda será possível lançar campanhas de vacinação tão amplas que incluem até mesmo a imunização de animais de estimação, plânctons e personagens de ficção. "Mesmo levando em conta orçamentos superfaturados e o descumprimento da maioria dos prazos, estimamos que o impulso dado ao PIB por este novo impostos é da ordem de pelo menos 15 pontos percentuais ", disse Eliézer Roriz, doutorando em Caixa 2.


Mais informações podem ser encontradas neste link que o bleitorouvinte recebe agora.

Stravinsky Pascoal da cidade de Andirá d'Oeste manda para Hermeto Igor d'Itapopoca city:



" - Você daria bom dia pra este cara?"



Agora, mais uma canção para alegrar o sêêêu ...

....como?

[internvenção]
[O lopcutor parece falar com alguém..]
[Provávelmente o Eusébio]

Sumiu o disco?


[Mais silêncio...]
[...numa pausa de semibreve]

tem alguma outra coisa pra tocar?.. ...que que tem por aí? Eaquelesambãodosoriginaisdosamba?


[ansiedade no ar]
[AMsiedade]
[dissipada em ondas hertzianas =P]


bom.. ficaprapróxima... coloca"qualquercoisa"aí.




E estavai deste bloglocutor para seus amigos/ouvinte/leitores espalhados pelo mundo: Holanda- Brasil-Alemanha-Espanha-PolôniaEstadosUnidos etc ....Vocês são sempre bem vindos =)







Esta vai da Judite Plorange parao senhor Raphaello de Btown:  "não se preocupe com essassuas mudanças... ao menos você ( ainda) não viroumonstro =)"




E agora vamos para os comerciais.


[musica entra pela esquerda... mas logo é puxada pelo colarinho, saindo do palco]
[O locutor entra novamente "em cena" para dizer]


...e à tempo: o próximo blocoainda é algo dinâmico e, consequentemêêênte, nosso programestáaberto aos blogouvinteleitores queainda podemandar suasugestões e pedidos por comentários.





Postar um comentário