quarta-feira, 27 de abril de 2011

Semelhança e igualdade (divagação não matemática - sobre etnicidade)

Olha.. o vídeo de hoje é meio peconceituoso... mas eu vou colocá-lo aqui por conta do seguinte fato: ele exemplifica muito bem meu argumento (vcs verão e hão de me dar razão). Mas, acima de tudo, o vídeo é um desenho, com uma crítica política.

Então tá valendo =)

O ponto é que, eu estava, há muuuuuito tempo atrás, esperando pra fazer meu exame de proficiência na lingua do p..qdo comecei a trocar uma idéia com o pessoal na sala de espera. Um cara - não sei de onde - e uma chinesa.


[papo vai]
[papo vem]
[fala mal do clima]
[papo de elevador]

e o cara é chamado pra entrevista. Sobramos eu e a chinesa, que, depois de mais conversa me perguntou:

"-Whe p re p are p you p from?"

Aí eu falei

"-Bra p zil"


[espero que vcs entendam a lingua do p]
[eu sei, é complexa]



Aí ela falou (traduzido) um:


"- Wow.. I though  you  were  from Europe....actually,  all  of  you  are similar..  you  all  look  the  same"

Aí eu ri, mas não falei pra garota que, toda vez que eu vejo um filme do Kar Wai (sul coreano) eu me perco todo, por que o cara que morreu na cena passada parece ter sido assassinado por ele mesmo (com uma outra roupa)...e então, na cena seguinte, ele aparece (ou seria o cara que o matou?) com outra roupa, e o filme continua.

A cena abaixo é de um filme do Kar wai que eu curto muito ("in the mood for love"). A trilha sonora tbm é mto boa. Não sei como descrever o filme: as cenas parecem rolar numa velocidade mto particular: não há necessidade pra correr, parece que toda a informação está nos gestos dos atores. Aqui não tem aparece mta gente, mas já dá pra ter uma idéia



Bom, voltando... teve tbm uns dias (nossa...incontáveis vezes eu fiz isso) em que eu saí conversando com uma pessoa aqui pensando que era outra. Engatava naquela conversa  de elevador acadêmica (vou traduzir ):


" -porra.. a gte vai ter um exame mó foda  em duas semanas. Prof fdp..."

e o cara me dizia que não estava fazendo a matéria. Cheguei a perguntar uma vez pq que o cara estava assistindo a aula então, se ele não estava matriculado.


Ele me falou que não estava... eu ainda tive a coragem de dizer que tinha uma cara parecido com ele na minha sala....

...falei sem ser na maldade




Divirtam-se
Postar um comentário