domingo, 21 de junho de 2015

For (almost) good

Quando o tempo de viajar de novo chega me vem aquela sensação mais intensa de responsabilidade... dois motivos: um, viajo sem deixar nada pra trás e dois, sou responsável por mim mesmo em todas as instâncias da viagem; o encarregado de lembrar do band-aid, do formulário I745GJ e de fazer reservas. Pra constar, envio um email pra família no Brasil com o meu itinerário (ao menos, se ser alguma merda alguém faz idéia de onde estou). Viajo preocupado pensando se deixei alguém avisado sobre o gato que ñ tenho, alguém com a missão de regar as plantas que ñ tenho, bilhetes colados pelas paredes da sala pra quando uma mulher linda q ñ existe aparecer em casa de surpresa eqto viajo, todas as contas pagas (isso de fato tive q fazer) etc etc 

Meu gato ñ morrerá  de fome, minhas plantas ñ secarão e, apesar de ñ ter deixado tais bilhetes, ñ haveria por que o fazer. Verifico a mala mais uma vez pra ver se ali tudo está.... 4:19am... hora de sair de casa.

(Próximo post, possivelmente da França :)
Postar um comentário