sábado, 7 de setembro de 2013

Vizinhos (novos)

Por estes dias eu voltei pra casa e lá estava ela: na frente de casa. Fiquei com receio em princípio e achei melhor não arriscar uma aproximação: são bichos um tanto arredios esses gambás. Comecei a mexer a chave de casa no ar de maneira a fazer barulho mas ela nem aí pra mim. Após um certo tempo, sendo notado, ela(e) me olhou meio de lado, mostrou os dentes e andou para trás de uma moita, tentando se esconder. O engraçado foi ver a ingenuidade do ser, já que a cauda, por ser tão grande,  ficava toda à vista hahaha

Adoro meus novos vizinhos, mas realmente... ficar nesse estado de sítio quanto a entrar e sair de casa não é algo muito agradável. Meu receio ao falar pro meu landlord é que eles dêem um fim nos bichos ( são dois, cada um com uma cor de cauda diferente); seria triste =/

Isso me lembra do dia que mostrei pro Mohhamed (?) uma aranha incrivelmente bonita - não que eu fosse tocá-la, mas era bonita - que estava na parede do lugar onde eu estudava no Rio. O cara, um matemático iraniano que despirocou ao ver tanta mulher no Rio de Janeiro ( sem burca nem nada), não era lá muito de falar comigo, muito menos eu com ele, mas.. por ele estar perto achei que poderia compartilhar a descoberta. Em coisa de segundos ele esmagou a aranha na parede com o pé. Fiquei indignado com o fdp. 

Isso tudo me lembra de mais uma coisa: uma animação dos simpsons que trata do assunto  É muito boa, acho que vcs vão curtir 

=)

Postar um comentário